Factos Históricos ( 1926 - 1941 )

1926
- Criação das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo
- Remodelação do Casino Estoril
- Golpe Radical em Torres Novas e Almada (intentona)
- Manuel Teixeira Gomes é eleito Presidente da República.
- Golpe militar comandado por Gomes da Costa. A I República é derrubada e instaurada a Ditadura Militar em 28 de Maio
- II Congresso do PCP, 29 de Maio
- Dissolução do Congresso da República
- Censura imposta à imprensa
- Afastamento de Gomes da Costa Presidência do Ministério. O lugar é ocupado pelo general Óscar Fragoso Carmona
- Mendes Cabeçadas em 31 de Maio torna-se no 9º Presidente da República
- Gomes da Costa em 17 de Junho 31 de Maio torna-se no 10º Presidente da República
- Óscar Carmona em 16 de Novembro 31 de Maio torna-se no 11º Presidente da República

1927
- É cria a JAE (Junta Autónoma das Estradas) e a Direcção geral das Estradas
- Pardal Monteiro inicia o projecto das novas instalações do Instituto Superior Técnico (IST) na Alameda D. Afonso Henriques
- Duarte Pacheco assume a direcção do IST
- Revoltas reviralhistas contra a Ditadura Militar no Porto no dia 3 de Fevereiro e, dia 7, em Lisboa, que falham.
- Redução da escolaridade obrigatória de 6 para 4 anos.
- 1ª Angiografia cerebral efectuada por Egas Moniz.
- Criação da União Nacional Republicana

1928
- Óscar Carmona é eleito Presidente da República
- Negociação empréstimo externo, junto da Sociedade das Nações.
- Nomeação de António de Oliveira Salazar para ministro das Finanças em 16 de Abril
- Proibição dos touros de morte
- É promulgado o Código do Registo Civil
- Introdução em Angola da nova moeda com a denominação "Angolares"
- Inauguração da nova estação do Cais do Sodré, na Linha de Cascais, projecto do Arq. Pardal Monteiro

1929
- Morre Columbano Bordalo Pinheiro
- É introduzida a Licença de Isqueiro
- Criação da Caixa Geral de Aposentações
- Reorganização do PCP. Eleição de Bento Gonçalves para Secretário-Geral em 24 de Abril
- Salazar profere o discurso "Política de Verdade, Política de Sacrifício, Política Nacional" em Lisboa "Nada contra a Nação, tudo pela Nação"
- Exposição da TSF (Telefonia sem fios)

1930
- Criação da Universidade Técnica de Lisboa
- Conspiração reviralhista
- Criação da União Nacional
- Proibição de contratação de trabalhadores estrangeiros
- Criação do Banco de Fomento Colonial
- Criação do Tribunal de Contas

1931
- Fundação do Rádio Clube Português
- Criação da Acção Libertária Portuguesa
- Revolta da Madeira, contra a Ditadura, sob o comando do general Sousa Dias
- Fundação do Diário da Manhã a 4 de Abril
- Manifestações contra a Ditadura no 1º de Maio
- Repressão da mendicidade nas ruas e lugares públicos
- Tentativa de revolta reviralhista a 26 de Agosto
- Compra de 3 toneladas de barras de ouro nos EUA para reserva metálica

1932
- Criação da Organização Revolucionária Armada
- Criação do Comissariado do Desemprego
- Criação do Movimento Nacional Sindicalista
- Fundação da Ferderação Anarquista Portuguesa, fruto da extinção da Aliança Libertária Portuguesa
- Inauguração das comunicações telefónicas com o Brasil
- Oliveira Salazar é nomeado Presidente do Conselho de Ministros a 5 de Julho
- Morte de D. Manuel II em Inglaterra
- Exposição Industrial Portuguesa

1933
- Aprovação de uma nova Constituição, em plebiscito, em 19 de Março
- Eleição da Assembleia Nacional (Parlamento)
- Primeiras emissões experimentais da Emissora nacional criada por Duarte Pacheco
- Fim da Ditadura Militar e início do Estado Novo
- República Unitária Corporativa (II República)
- Inauguração da Estufa Fria em Lisboa
- Criada em Portugal a Radiodifusão Nacional.
- Primeiro Congresso da União Nacional, em Portugal.
- Passa a funcionar em Portugal, o Correio Aéreo.
- Criação do Instituto do Vinho do Porto
- Criação do Instituto Português do Combustível
- O Prof. Egas Moniz, realiza a primeira leukotomia pré-frontal.
- O general Óscar Carmona, é reeleito Presidente da República

1934
- Ligação aérea Lisboa-Goa efectuada por Carlos Bleck
- José Maria Nicolau vence a Volta a Portugal em bicicleta
- Exposição Colonial no Porto
- Lançado à água o novo contratorpedeiro "Dão"
- O Estatuto do Trabalho Nacional estabelece o Regime Corporativo, através da constituição dos Grémios, Sindicatos Nacionais e Casas do Povo
- Revolta dos trabalhadores vidreiros da Marinha Grande
- Instituídas as 8 horas de trabalho semanais com o dia descanso semanal ao Domingo
- Primeiras eleições para a Assembleia Nacional a 16 de Dezembro. A União Nacional preencheu na totalidade os 90 lugares do Parlamento. A oposição não concorreu e apelou à abstenção

1935
- A Liga Naval Portuguesa doa ao Aquário Vasco da Gama (inaugurado a 20 de Maio de 1898) a colecção oceanográfica e biblioteca de D. Carlos I
- Inauguração solene da Assembleia Nacional por Óscar Carmona em 11 de Janeiro
- Proibição dos partidos políticos e das associações secretas
- Fundação da União Nacional
- Reeleição do Marechal Óscar Carmona (único candidato) para Presidente da República em 17 de Fevereiro com 80% dos votos
- Revisão da Constituição de 1933 reforçando o poder legislativo ao Governo em detrimento da Assembleia
- Salários mínimos estabelecidos por decreto
- Criação do INE - Instituto Nacional de Estatística (25 de Maio)
- Prisão de Bento Gonçalves
- Morre Fernando Pessoa

1936
- Criação do Instituto Nacional do Pão
- Criação do Teatro do Povo sob orientação de António Ferro
- A CUF lança as actividades na construção naval
- Novo contratorpedeiro, o "Douro"
- Apoio ao movimento nacionalista na Guerra Civil de Espanha
- Fundação da Legião Portuguesa
- António Oliveira Salazar, além da presidência do Conselho de Ministros, assume as pastas das Finanças, da Guerra e dos Negócios do Estrangeiro.
- Criação da Academia Portuguesa de História
- Início da Guerra Civil Espanhola a 16 de Julho
- Inauguração da Emissora Nacional de Radiodifusão
- Criação da Junta de Electrificação Nacional, que alem de outra competências, tinha a de estudar a instalação de centrais termoeléctricas e hidroeléctricas

1937
- Criação da Junta Nacional dos Vinhos e a Junta Nacional do Azeite
- António Lopes Ribeiro realiza "A Revolução de Maio" de propaganda ao regime
- Presença de Portugal na Exposição Universal de Paris, com um pavilhão desenhado pelo arquitecto Keil do Amaral
- Início das emissões da Rádio Renascença
- Criação das Casa dos Pescadores
- Morre Afonso Costa exilado em Paris
- Primeira parada e apresentação oficial da Legião e da Mocidade Portuguesa na Avenida da Liberdade
- Prisão de Álvaro Cunhal pela PVDE (Polícia de Vigilância e Defesa do Estado)
- Atentado bombista contra Salazar

1938
- Inauguração da Igreja de Nossa Senhora de Fátima, projecto de Pardal Monteiro
- PCP é expulso da Internacional Comunista
- Tomada de posse de Duarte pacheco como Presidente da Câmara de Lisboa
- Duarte Pacheco é nomeado para a pasta das Obras Públicas e Comunicações
- Eleições para a Assembleia Nacional, tendo mais uma vez a oposição não ter concorrido pelo que a lista da União Nacional venceu.

1939
- Início da carreira de Amália Rodrigues
- Realiza-se no Terreiro do Paço uma manifestação de apoio a Salazar feita pelos Sindicatos Nacionais, Casas do Povo e Casas dos Pescadores
- Assinatura do "Pacto Ibérico", o Tratado de Amizade e Não-Agressão entre Portugal e Espanha, com cláusulas secretas
- Início da II Guerra Mundial e anúcio de "neutralidade equidistante" feito pelo Governo português e publicada nos jornais a 2 de Setembro
- A Inglaterra e a França declaram guerra à Alemanha

1940
- O Estado Português e a Santa Sé celebram o acordo da Concordata, pelo qual a Igreja vê reconhecida a posse dos seus bens e a Liberdade de Culto
- Fundação da Academia Portuguesa de História e da Academia Portuguesa de Belas-Artes
- Exposição do Mundo Português, para festejar o Oitavo Centenário da Fundação de Portugal e o Terceiro da sua Restauração
- A taxa de analfabetismo em Portugal é de cerca de 55%
- António Lopes Ribeiro realiza o "Feitiço do Império", de propaganda da política colonial salazarista, que se estreará no Eden a 24 de Maio
- Na sequência da "amnistia comemorativa dos centenários", vários dirigentes do Partido Comunista Português saem do campo de concentração do Tarrafal e do Forte de Angra do Heroísmo e dedicam-se à reorganização do Partido
Neste movimento de reorganização estão Militão Ribeiro, Pires Jorge, Júlio Fogaça, Sérgio Vilarigues, Álvaro Cunhal, Piteira Santos

1941
- Morte de Manuel Teixeira Gomes
- Tentativa de greve dos mineiros
- Afundamento do vapor "Gonda" por um submarino alemão
- Acordo Luso-Japonês para estabelecimento de uma linha aérea entre Timor e Japão
- Greve dos trabalhadores texteis da Covilhã
- Afundamento do vapor "Cassequel"" por um submarino alemão
- Invasão de Timor por tropas australianas e holandesas