Factos Históricos ( 1914 - 1925 )

1914
- Início das obras da Central Tejo
- Electrificação dos Elevadores em Lisboa
- O Presidente da República Manuel de Arriaga, advoga a formação de um Governo extra- partidário
- Demissão do governo de Afonso Costa
- V Governo Constitucional, de Bernardino Machado, em 9 de Fevereiro (307 dias)
- Abertura da linha de eléctricos Camões-Estrela, em Lisboa
- Constituição do Centro Nacional de Aviação
- Congresso operário em Tomar; criação da União Operária Nacional
- Inauguração da linha de eléctricos da Avenida Almirante Reis, em Lisboa
- Criação da Escola Aeronáutica Militar - Declaração de guerra da Grã-Bretanha à Alemanha a 4 de Agosto
- VI Governo Constitucional, de Vítor Azevedo Coutinho, em 12 de Dezembro (45 dias)
- Governo decreta organização e envio de expedições militares para Angola e Moçambique - Criação de Bolsas de Mercadorias em Lisboa e Porto
- O Banco de Portugal passa a poder emitir notas de ouro até o limite de 120 000 000$ a partir de 26 de Agosto
- Partida de expedições militares para Angola e Moçambique
- Inauguração do Teatro-Éden, em Lisboa
- Proibição dos senhorios elevarem as rendas nos prédios urbanos

1915
- Partida de forças militares para Angola
- VII Governo Constitucional, de Pimenta de Castro em 28 de Janeiro (112 dias)
- VIII Governo por uma Junta Constitucional,formada por: José Norton de Matos, António Maria da Silva, José de Freitas Ribeiro, Alfredo de Sá Cardoso e Álvaro de Castro, em 14 de Maio (3 dias)
- IX Governo Constitucional, de José Ribeiro de Castro em 17 de Maio (199 dias)
- Imposição da ditadura
- Nova lei eleitoral. Militares proibidos de votar
- X Governo Constitucional, Afonso Costa, em 29 de Novembro (107 dias)
- Assaltos às padarias de Lisboa
- Regresso dos monárquicos exilados
- Revolução em Lisboa e derrube da ditadura de Pimenta de Castro a 14 de Maio
- Manuel de Arriaga demite-se
- Proclamação do novo Presidente da República Teófilo Braga em 29 de Maio
- Eleições legislativas a 13 de Junho. Vitória do Partido Democrático . Os democráticos elegem 106 deputados e 45 senadores; os evolucionistas elegem 26 deputados e 9 senadores; os unionistas 15 deputados e 11 senadores; contando-se ainda como independentes 13 deputados e 3 senadores
- Frota mercante nacional: 91 859 toneladas brutas. 471 embarcações
- Teófilo Braga torna-se no 2º Presidente da República a 29 de Maio
- Bernardino Machado em 5 de Agosto torna-se no 3º Presidente da República
- Demissão do governo de José de Castro

1916
- Apresentação do Orçamento Geral de Estado. Défice de 3 165 769$29
- Assaltos a mercearias, por todo o País
- Requisição de todos os meios de transportes indispensáveis à economia nacional
- O Governo britânico solicita a intervenção de Portugal na Grande Guerra
- Requisição dos navios alemães surtos em águas portuguesas
- A Alemanha declara guerra a Portugal (9/03/1916)
- XI governo constitucional (“União Sagrada”), de António José de Almeida (democráticos e evolucionistas), em 16 de Março (406 dias)
- Paris. Primeira reunião dos Aliados, Portugal participa (27/03/1916)
- Lei sobre censura preventiva
- Expulsão de todos os súbditos alemães residentes em Portugal
- Afonso Costa parte para Londres a fim de negociar as condições da participação portuguesa na Guerra
- A Grã-Bretanha convida Portugal a tomar parte activa nas operações aliadas na Europa
- Constituição do Corpo Expedicionário Português (CEP), composto por 30 mil homens (22-07-1916)
- Inauguração da primeira escola de aviação portuguesa (Vila Nova da Rainha)
- Inauguração da nova estação do Porto - São Bento

1917
- Formação da primeira esquadrilha de submarinos portugueses
- Partida do primeiro contingente português para a frente de batalha em França em 26 de Janeiro
- Partida para França (Flandres) da 1.ª Brigada do Corpo Expedicionário Português, sob comando de Gomes da Costa  a 30 de Janeiro
- Morte do primeiro soldado português na frente francesa: António Gonçalves Curado em 4 de Abril
- Inauguração do Instituto Superior de Agronomia
- Foi criada em Lisboa a "Sopa dos Pobres". Esta iniciativa teve como promotores o jornal "O Século" e diversas Juntas de Paróquia da cidade de Lisboa
- XII Governo Constitucional, de Afonso Costa, em 25 de Abril (229 dias)
- Fátima. Aparição da Virgem Maria aos 3 pastorinhos a 13 de Maio
- 19 de Maio a Revolta da Batata em que se verificam assaltos a dezenas de estabelecimentos, e assiste-se a conflitos entre assaltantes e a guarda republicana e polícia
- Revolta de Sidónio Pais a 5 de Dezembro
- XIII Governo Constitucional, de Sidónio Pais, em 8 de Dezembro (376 dias)
- Por decreto da Junta Revolucionária Bernardino Machado é destituído do cargo de Presidente da República
- A 27 de Dezembro Sidónio Pais assume a Presidência da República por decreto
- Fundação do Partido Centrista liderado por Egas Moniz

1918
- Em Janeiro um surto de febre tifóide assola a cidade do Porto
- Criação das Sopas Económicas
- É promulgado o decreto n.º 3907, que estabelece o sufrágio universal. Serão eleitores todos os cidadãos portugueses, do sexo masculino, maiores de 21 anos, no gozo dos seus direitos civis e políticos e que residam em território nacional há mais de 6 meses
- Rendição do Corpo Expedicionário Português em França a 22 de Março
- Desastre na Batalha de La Lys em que morreram 7.000 soldados portugueses
- Sidónio Pais torna-se 4º Presidente da República a 28 de Abril, após eleições presidenciais e legislativas em que os partidos Democrático, Unionista e Evolucionista boicotaram as eleições
- Criação da Cruzada de Nuno Álvares Pereira
- Assassinato de Sidónio Pais na Estação do Rossio
- A 16 de Dezembro Canto e Castro torna-se no 5º Presidente da República
- XIV Governo Constitucional, de Tamagnini Barbosa, em 23 de Dezembro (35 dias)

1919
- XV Governo Constitucional, de José Relvas, em 27 de Janeiro (62 dias)
- XVI Governo Constitucional, de Domingos Leite Pereira, em 30 de Março (92 dias)
- É inaugurada oficialmente a Universidade Popular Portuguesa, com sede na Cooperativa “A Padaria do Povo” em Campo de Ourique, Lisboa
- Criada a empresa de Cimentos de Leiria
- É instituída a jornada das oito horas de trabalho para o operariado e para os empregados do comércio
- Seguro Social Obrigatório
- Eleições legislativas a 11 de maio em que os socialistas saem reforçados.
- Assinado o tratado de paz com a Alemanha.
- XVII Governo Constitucional, do democrata Alfredo de Sá Cardoso, em 30 de Junho (205 dias)
- o Papa Bento XV reconhece a República Portuguesa
- António José de Almeida é eleito Presidente da República a 6 de Agosto, tomando posse a 5 de Outubro

1920
- XVIII Governo Constitucional, do republicano Domingos Leite Pereira, em 21 de Janeiro (47 dias)
- Em Janeiro, Sarmento de Beires, do Grupo de Esquadrilhas de Aviação República, é o primeiro piloto a realizar uma missão de voo nocturno
- Fundação do partido de Reconstituição Nacional em 2 de Março
- XIX Governo Constitucional, do democrata António Maria Baptista, em 8 de Março (90 dias)
- Exigidas compensações de guerra á Alemanha
- Sacadura Cabral faz o percurso aéreo Inglaterra-Lisboa, com duas escalas, em Brest, na Bretanha, e em Ferrol, na Galiza
- XX Governo Constitucional, de José de Ramos Preto, em 6 de Junho (20 dias)
- XXI Governo Constitucional do democrata António Maria da Silva, em 26 de Junho (23 dias)
- XXII Governo Constitucional, de António Granjo, em 19 de Julho (124 dias)
- D. Miguel II renuncia à pretensão ao trono português, abdicando em favor de Duarte Nuno
- Tentativa de ligação aérea Lisboa-Madeira por Sarmento de Beires e Brito Pais
- XXIII Governo Constitucional, de Álvaro de Castro do Partido Reconstituinte, em 20 de Novembro (10 dias)
- XXIV Governo Constitucional, de Liberato Pinto, em 30 de Novembro (92 dias)

1921
- Organização dos serviços meteorológicos
- 1ª Campeonato Nacional de Futebol (1921-1922)
- XXV Governo Constitucional, de Bernardino Machado, em 2 de Março (82 dias)
- Fundação do Partido Comunista Português, na sede da Associação dos Empregados de Escritório
- Início da publicação do Diário de Lisboa
- XXVI Governo Constitucional, de Tomé Barros Queirós, em 23 de Maio (99 dias)
- Tentativa de golpe de Estado pela GNR
- Eleições legislativas a 10 de Julho dando a vitória aos Liberais
- XXVII Governo Constitucional, e 2º de António Granjo do Partido Liberal da República, em 30 de Agosto (50 dias)
- 1º número da revista Seara Nova
- Morte de António Granjo
- 1º numero de "O Comunista" órgão oficial do PCP
- Revolução Radical em Lisboa em 19 de Outubro da qual sai um governo "de Salvação Pública" liderado por Manuel Maria Coelho
- XXVIII Governo Constitucional, de Carlos Maia Pinto, em 5 de Novembro (41 dias)
- XXIX Governo Constitucional, de Francisco Cunha Leal do Partido Liberal, em 16 de Dezembro (53 dias)

1922
- Contracto entre o Governo português e a Marconi & Wireless Telegraph Company, para montagem e exploração das estações de TSF no Continente, Açores, Madeira, Cabo Verde, Angola, Moçambique, S. Tomé e Príncipe
- Polícia de Segurança do Estado (serviços de informação e polícia política da República) passa a designar-se Polícia de Defesa Social
- Publicação do decreto que cria o Instituto Português para o Estudo do Cancro
- Eleições legislativas a 29 de Janeiro, saindo vencedor o Partido Democrático
- XXX Governo Constitucional, de António Maria da Silva do Partido Liberal, em 7 de Fevereiro (346 dias)
- Realizada a 1º Travessia do Atlântico Sul por Gago Coutinho e Sacadura Cabral (entre 30/03 e 17/07)

1923
- 1º Campeonato Nacional de Ténis realizado pela Federação Portuguesa de Ténis
- Fundação do Partido Republicano Nacionalista
- Teixeira Gomes a 6 de Agosto torna-se no 7º Presidente da República
- 1º Congresso do PCP
- Criação da Acção Realista Portuguesa
- XXXI Governo Constitucional, de Ginestal Machado do Partido Nacionalista, em 15 de Novembro (32 dias)
- XXXII Governo Constitucional, de Álvaro de Castro, em 18 de Dezembro (203 dias)

1924
- 1ª Ligação aérea Lisboa-Macau efectuada por Sarmento Beires, Brito Pais e Manuel Gouveia
- Inauguração do primeiro grande monumento aos mortos da Grande Guerra, na Praça de Carlos Alberto (Porto)
- XXXIII Governo Constitucional, de Alfredo Rodrigues Gaspar, em 7 de Julho (139 dias)
- O Governo reconhece a Confederação Geral do Trabalho (CGT) como representante dos trabalhadores
- XXXIV Governo Constitucional, de José Domingues dos Santos, em 22 de Novembro (84 dias)
- Comemorações do 4º centenário da morte de Vasco da Gama
- É fundada em Lisboa a União dos Interesses Económicos, reunindo as principais associações empresariais portuguesas

1925
- XXXV Governo Constitucional, de Vitorino Cravalho Magalhães, em 15 de Fevereiro (136 dias)
- É constituída a Companhia Portuguesa Rádio Marconi
- Construção do cinema Capitólio projecto de Cristino da Silva
- Criação do Instituto de Orientação
- Extinção do Ministério do Trabalho
- XXXVI Governo Constitucional, de António Maria da Silva, em 1 de Julho
- Fundação da Esquerda Democrática (31 dias)
- Golpe militar encabeçado pelo capitão-de-fragata Mendes Cabeçadas, republicano conservador, em 19 de Julho
- Eleições legislativas a 9 de Julho das quais sai vencedor o Partido Democrático
- XXXVII Governo Constitucional, do democrata de direita Duarte Leite, em 1 de Agosto (138 dias)
- Bernardino Machado torna-se de novo Presidente da República (8º) a 11 de Dezembro
- XXXVIII Governo Constitucional, de António Maria da Silva, em 18 de Dezembro (164 dias)