15 de setembro de 2016

Casino e Theatro Etoile

O “Casino Etoile” e mais tarde “Theatro Etoile”, localizado na Calçada da Estrela, em Lisboa, terá sido inaugurado em 1907, fazendo fé na primeira referência publicitária que tive conhecimento de vários jornais e revistas que consultei.

Cartaz publicitário e anúncio de 4 de Maio de 1907

         

O “Casino Etoile” iniciou a sua actividade repartida entre animatógrafo e teatro de variedades. A sua sala localizada num pátio  cuja entrada, se encontrava no nº 21 da Calçada da Estrela, tinha capacidade para 550 lugares repartidos entre a plateia e o balcão.

Carros alegóricos do “Casino Etoile” no desfile do Carnaval de 1907 na Avenida da Liberdade

                                   12 de Abril de 1908                                                                15 de Março de 1908

       

Depois de abandonar a actividade de animatógrafo, reabre em 14 de Julho de 1910, como “Theatro Etoile” propriedade da “Sociedade Artística” com a peça “Os Lazaristas”, protagonizada pelo famoso actor Joaquim d’Almeida (1838-1921) que passaria à reforma em 21 de Dezembro do mesmo ano.

O actor Joaquim d’Almeida na entrada do “Theatro Etoile”

Anos depois o “Theatro Etoile” encerra, e depois de obras de beneficiação, reabre em 30 de Julho de 1915 com a nova designação de “Salão de Variedades”, que terá encerrado definitivamente em 1918.

30 de Julho de 1915

Vistas actuais da entrada pela Calçada da Estrela, 21 e do edifício que terá sido do “Casino Etoile” no pátio interior

 

fotos in: Arquivo Municipal de Lisboa, Hemeroteca Digital

Sem comentários: