1 de junho de 2016

Hotel Flamingo

O "Hotel Flamingo", localizado na Rua Castilho, em Lisboa, no lugar de uma antiga garagem, e propriedade do empresário da indústria hoteleira Diamantino dos Santos Andrade, foi inaugurado em 28 de Abril de 1960. O hotel já tinha entrado em funcionamento dezoito meses antes de ser oficialmente inaugurado,  acto que só foi possível depois ter efectuado algumas modificações e adicionado algum equipamento, tendo assim respeitado as normas no cumprimento do despacho da Presidência do Conselho de Ministros de 26 de Setembro de 1958, a fim de ser classificado pelo SNI de «utilidade turística».

       

«Fruto do esforço individual, persistente e tenaz, de um hoteleiro nacional, com capitais e administração portugueses, o Hotel Flamingo é uma realidade completa, modesta e digna no ambito das realizações que prestigiam o turismo português e a legislação que lhe deu incrementos e condições para o seu desenvolvimento.» in: “Diario de Lisbôa”.

 

 

O seu mobiliáro foi fornecido pela  "Móveis Olaio" tendo a respectiva decoração ficou a cargo do artista e designer José Espinho. Aos 35 quartos com casa de banho privativa, juntaram-se a recepção e portaria, sala de estar e sala de leitura, bar, restaurante, vestiários, cozinha, «tendo sido contratado para chefe de cozinha um competente profissional, que se encontrava ao serviço de um dos melhores hoteis de Lisboa.»

10 de Maio de 1960

Postal

Actualmente, o “Hotel Flamingo” classificado de 3 estrelas, continua a oferecer 39 quartos com ar condicionado, bar, restaurante e business center.

“Hotel Flamingo” actualmente

 

 

 

fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste GulbenkianDelcampe.net, Hemeroteca Digital, Hotel Flamingo

Sem comentários: