25 de julho de 2012

Instituto Nacional de Estatística

A “Direcção Geral da Estatística e Fiscalização das Sociedades Anónimas” foi criada pelo Decreto de 14 de Janeiro de 1911. Os serviços de estatística foram regulados pelo Decreto de 11 de Maio do mesmo ano, ficando divididos em quatro repartições:

1ª Repartição - Estatística Financeira
2ª Repartição - Estatística Comercial
3ª Repartição - Estatística Agrícola 
4ª Repartição - Estatística Demográfica e Industrial

                                                      Publicação da “Direcção Geral da Estatística”, em 1916

                                                     

                                                                População portuguesa entre 1801 e 1915

                    
                            Publicação in: Biblioteca Nacional Digital

O “INE - Instituto Nacional de Estatística” foi criado em 23 de Maio de 1935 sendo extinta a “Direcção Geral da Estatística”, tendo-lhe sido atribuídas as «funções de notação, elaboração, publicação e comparação dos elementos estatísticos referentes aos aspectos da vida portuguesa que interessam à Nação, ao Estado e à Ciência».  A sua criação marcou o início de uma nova etapa no sistema estatístico de Portugal, com a elaboração dos primeiros princípios básicos de trabalho.

 

                                

                                                                INE com o IST no lado esquerdo da foto

                                 

                                 

O edifício do INE, em Lisboa, foi mandado construir pelo então Ministro das Obras Públicas Engenheiro Duarte Pacheco em 1931, tendo sido entregue o projecto ao arquitecto Porfírio Pardal Monteiro. A compra do terreno ficou em 900 contos (4.500 €) e na construção do edifício foram gastos cerca de 5 000 contos (25.000 €). A construção deste edifício situado no perímetro das Avenida António José de Almeida, a Avenida Manuel da Maia e a Avenida do México, é  iniciada em Janeiro de 1932 com a colaboração de vários operários e técnicos que prestaram serviço na construção do “Instituto Superior Técnico”. É lançada a primeira pedra em 23 de Fevereiro de 1932 estando já abertos os caboucos em toda a ala Sul.

 

                                 

 

Escadaria com vitral de Abel Manta

Escadarias Vitral de Abel Manta

A pintura dos vitrais desenhados por Abel Manta é da autoria de Henrique Franco assim como os frescos do Salão Nobre. Os baixos relevos na fachada do edifício são de Leopoldo de Almeida. A execução de um vitral para o interior é de Roberto Leone. Em 23 de Maio de 1935, ao fim de 2 anos e 3 meses de construção, é inaugurado o edifício do “Instituto Nacional de Estatística”.

O Sistema Estatístico Nacional de Portugal é, desde 1989, composto pelo Conselho Superior de Estatística e pelo "Instituto Nacional de Estatística" (INE).

 

                                

 

 

 

Centros de registo e de processamento de dados

 

fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian

Actualmente presidido por Alda Carvalho, o INE é o responsável pela produção e divulgação de estatísticas tão importantes para os agente económicos e decisores políticos como as contas nacionais (que dão conta da evolução do Produto Interno Bruto), as estatísticas do emprego (que fazem o ponto de situação do mercado laboral) e a realização dos censos, que permitem fazer um retrato da população. O INE emprega, actualmente, 986 pessoas, 231 dos quais técnicos superiores de estatística.

                                

Sem comentários: