20 de janeiro de 2010

Paquete “Santa Maria”

O paquete “Santa Maria” foi o irmão gémeo do paquete “Vera Cruz”, ambos pertencentes á Companhia Colonial de Navegação, e entregue pelo estaleiro “John Cockerill ” em Antuérpia em 20 de Outubro de 1953. Apesar de gémeos os paquetes diferiam em diversos aspectos exteriores e interiores.

                                     Santa Maria, atracado no Cais da Rocha de Conde d'Óbidos em Lisboa

                               

Características:

Tonelagem de arqueação (t.a.b.): 20.906 t
Propulsão: 2 grupos de turbinas a vapor “Parsons”. Potência total: 25.500 SHP
Veios de hélices: 2
Comprimento: 185,60 m
Boca (largura): 23 m
Velocidade máxima: 23 nós
Passageiros: 1.182, em 280 camarotes assim distribuídos:
1ª Classe - 156
2ª Classe - 226
3ª Classe - 800

Tripulação: 350 homens, sendo 38 oficiais

                                        

Para além de viagens regulares à América do Sul, o ”Santa Maria” passou a fazer também a carreira da Venezuela em 1954, a qual foi prolongada a Port Everglades, na Florida a partir de 1956. Efectuou ainda diversas viagens especiais a Angola e cruzeiros ao Brasil, Mediterrâneo, Norte da Europa, Madeira, Canárias e Caraíbas. Este paquete consumia 140 toneladas de fuel e 200 toneladas de água por cada dia de navegação.

        

        

Este navio serviu na frota da Companhia Colonial de Navegação entre 1953 e 1973

                                                                 Área de lazer e piscina na ré do navio 

                                        
                                                    fotos in: Blogue dos Navios e do Mar

O "Santa Maria" ficou célebre pelo seu sequestro, em 22 de janeiro de 1961, por um grupo de portugueses e espanhóis - integrantes da Direção Revolucionária Ibérica de Libertação (DRIL) -, que então faziam oposição política aos governos ditatoriais do Dr. António de Oliveira Salazar e de Francisco Franco, sob o comando do capitão Henrique Galvão. Durante a ação, foi assassinado o oficial João José Nascimento Costa. A embarcação acabou por fundear no porto do Recife, no Brasil, em 2 de Fevereiro seguinte. O episódio constitui-se no primeiro sequestro político de um transatlântico na história contemporânea.

                         

                                                          Parte do Caderno de Viagem do Santa Maria                                           

   

   

   
     Caderno de viagem in: Navios e Navegadores

    ccn68a   Shell 1953

Para a feitura deste artigo foi consultado também o livro: «Paquetes Portugueses», de Luís Miguel Correia, Edições Inapa, Lisboa, 1992

Sem comentários: