2 de janeiro de 2018

Auto-Estrada Lisboa-Estádio Nacional

A primeira Auto-Estrada portuguesa, e das primeiras a nível mundial, foi inaugurada em 28 de Maio de 1944, pelo Chefe do Estado, General Óscar Fragoso de Carmona, constituída pelo “Viaduto de Duarte Pacheco” e o troço construído entre Lisboa e o Estádio Nacional - início da futura auto-estrada Lisboa-Cascais.

Cerimónia da inauguração

 

Bombas de gasolina da “Sonap” junto à entrada para o “Viaduto de Duarte Pacheco”

Mandada construir pelo então Ministro das Obras Públicas e Comunicações engenheiro Duarte Pacheco, com os seus 8 quilómetros de extensão com o pavimento totalmente em cimento e brita, entre Lisboa e o Estádio Nacional, foi uma das primeiras a nível mundial. Inicialmente, foi denominada oficialmente como Estrada Nacional nº 7 (EN 7), tendo recebido a actual denominação quando as auto-estradas passaram a ter uma numeração diferenciada.

Durante a sua construção

 

    

A auto-estrada tem início no Viaduto de Duarte Pacheco, em Lisboa, que foi projectado por engenheiro João Alberto Barbosa Carmona que também dirigiu as obras iniciadas em 1942 e inaugurado também a 28 de Maio de 1944. Este viaduto que continua sendo o maior da cidade de Lisboa, é feito de betão armado, medindo 505 m de extensão , incluindo muros de avenida. O seu custo ascendeu a 16.691 contos (83.455,00 €) e nele trabalharam 4.100 operários. Acerca da sua história, consultar neste blog o seguinte link: “Viaduto de Duarte Pacheco”.

“Viaduto de Duarte Pacheco” no dia da sua inauguração em conjunto com a auto-estrada

 

Vistas da auto-estrada no seu percurso

 

 

 

No seu final, na zona do Estádio Nacional, tomava-se uma via secundária (onde hoje se deriva para Queijas) que ligava esta à Estrada Marginal, no Alto da Boa Viagem.

Alto da Boa-Viagem

´

Carro “Austin” A 40, do “Automóvel Clube de Portugal”, para assistência na Auto-Estrada Lisboa-Estádio Nacional

 

 

Auto-Estrada, durante um nevão em Janeiro de 1945

 

Publicidade de 1957 e troço da Auto-Estrada utilizado no GP de Fórmula 1 de Portugal de 1959

1957 Pub 

Só em 1991 seria inaugurado o troço Estádio Nacional - Cascais, na distância de 17,1 quilómetros, que concluiria a auto-estrada Lisboa-Cascais.

Para informações mais detalhadas e técnicas, disponibilizo de seguida uma artigo acerca desta auto-estrada, publicado na revista “Gazeta dos Caminhos de Ferro” de 1 de Julho de 1941.

  

  

A segunda auto-estrada portuguesa viria a ser inaugurada só em 28 de Maio de 1961, que ligaria Lisboa a Vila Franca de Xira, na distância de 23 quilómetros. Este troço seria o início da futura A1 que ligaria Lisboa ao Porto e que só viria a ficar concluída em 1991. Acerca da história desta auto-estrada consultar neste blog o seguinte link:  "Auto-Estrada do Norte

Auto-Estrada Lisboa-Vila Franca de Xira

 

fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian (Estúdio Mário Novais), Hemeroteca Digital, Arquivo Municipal de Lisboa

1 comentário:

Anónimo disse...

Na primeira fotografia do Alto da Boa Viagem, é possível ver o antigo farol que foi demolido após a tragédia da Gibalta.