8 de novembro de 2016

Hotel Embaixador

O "Hotel Embaixador", situado na Avenida Duque de Loulé, em Lisboa, foi inaugurado em 21 de Junho de 1956. Propriedade de José Teodoro dos Santos - na altura, igualmente proprietário do "Casino Estoril" - foi projectado pelo arquitecto Raúl Tojal com a colaboração do arquitecto Manuel Coutinho de Carvalho.

 

Com a construção do edifício da responsabilidade do construtor Manuel Gaspar, a decoração do Hotel e dos seus 100 quartos ficou a cargo do decorador José Espinho, tendo todo o seu mobiliário sido fornecido pela empresa "Móveis Olaio".

«O majestoso edifício compõe-se de dois pisos subterrâneos e de loja e dez andares, no ultimo dos quais se encontram instaladas a "boite" e a pastelaria, rodeadas por um enorme terraço, de onde se desfruta uma soberba vista sobre Lisboa.
Os cem quartos do hotel, classificados de luxo, situam-se do primeiro ao oitavo andares, estando a acas de jantar e a cozinha instaladas no nono andar. Na cave e subcave, ficam a engomadoria, economato e máquinas de ar condicionado.» in “Diário Popular”.

                               Reveillon de 1956                                                           23 de Dezembro de 1961

 

Decoração antes da remodelação efectuada em 2012

 

 

 

Com Manuel Madeira Teles, bisneto do fundador Teodoro dos Santos, como Administrador do renomeado “Embaixador Hotel” , este foi totalmente renovado em 2012 «para um conceito minimal-chique, com design moderno e criativo, desde as áreas de alojamento - onde os quartos combinam mobiliário de autor com linhas de design contemporâneas e peças vintage; às áreas públicas, contando com o novo Sun Lounge 360º (brevemente) e um Restaurante com vista panorâmica sobre o Rio Tejo e o Castelo de S. Jorge.»

 

A nova imagem do “Embaixador Hotel” baseia-se na sua origem, em 1959, e, por isso, as peças dessa época que conseguiram aproveitar são orgulhosamente assumidas. “O seu design é realmente extraordinário e as pessoas reconhecem-nas imediatamente, quer seja pelo desing ou pela beleza das peças”, salienta Manuel Madeira Teles. A decoração do interior do hotel ficou a cargo do Atelier Filipa Lacerda que integrou peças em mobília desenhadas expressamente para o hotel, que lhe dá uma atmosfera moderna e urbana. “Creio que se identifica um pouco de Lisboa e daquela fusão tão especial entre o moderno e o antigo, que enobrece a cidade», adianta Manuel Madeira Teles in revista “Briefing - Os Negócios do Marketing”.

“Embaixador Hotel”, actualmente

 

 

fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste GulbenkianDelcampe.net, Hemeroteca Digital, Embaixador Hotel

Sem comentários: