29 de junho de 2016

Restaurante “Varanda do Chanceler”

O restaurante-cervejaria “Varanda do Chanceler”, localizado no Largo do Canceler - primitivo Beco do Chanceler - na freguesia de Santo Estevão, no Bairro de Alfama foi oficialmente inaugurado em 20 de Maio de 1966, à qual estiveram presentes o Subscretário de Estado da Presidência, Dr. Paulo Rodrigues, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, General França Borges, o director do “SNI-Secretaria Nacional de Informação”, Dr. Moreira Baptista, entre outras individualidades.

O “Varanda o Chanceler” era, na altura,  propriedade do Grupo CUF”, quando este decidiu alargar as suas actividades à hotelaria, tendo adquirido, também em Lisboa, no Campo Grande, o restaurante “Alvalade”, junto ao Lago do Jardim do Campo Grande”.

O restaurante “Varanda do Chanceler” ocuparia o 1º andar do prédio da foto seguinte no, ainda, Beco do Chanceler

As festividades do dia da da sua abertura, 22 de Maio de 1966, foi assim descrito pelo jornal “Diario de Lisbôa”:

«Para festejar a inauguração do novo restaurante-cervejaria "Varanda do Chanceler" - onde ontem foi oferecido, pela respectiva gerência, um outro almoço a grande número de convidados de representação social - registou-se, á tarde, um autêntico fim de semana regado a cerveja "Skol", a qual jorrava de barris, no largo fronteiro, oferecida a nada menos de cinco mil habitantes do pitoresco bairro ribeirinho da capital. As janelas dos prédios humildes regurgitavam, uma charanga enchia os ares de musica popular portuguesa e o povo bebia cerveja fresquinha, oferecida a todos sem distinção. Das janelas envidraçadas da "Varanda do Chanceler" os convidados assistiram a esse espectáculo inédito e buliçoso que pôs as imediações em alvoroço e que inundou de alegria aquelas ruelas estreitas onde Lisboa nasceu á sombra do castelo de S. Jorge e ao som das guitarras dos mareantes que partiram á conquista dos grandes caminhos do mar.»

Jantar de aniversário do Padre Correia da Cunha e outro jantar oferecido pelo Presidente da CML, General França Borges,  ao Perfeito de Tokushima (Japão), em 1969

 

Este restaurante considerado, na época de luxo era muito frequentado pela classe política, artistas e a elite da sociedade lisboeta. Em 1970, o “Varanda do Chanceler”, é adquirido pelos irmãos Júlio Costa e Carlos Costa do “Trio Odemira”, após regressarem do Canadá. Adquiriram na altura, também, o restaurante típico “Timpanas”, situado na Rua Gilberto Rola, em Alcântara. Venderiam ambos os restaurantes, em 1978, tendo o “Varanda do Chanceler” encerrado definitivamente pouco tempo depois.

Folheto promocional

 

 

Carteira de fósforos

 

2 de Fevereiro de 1967

O prédio, outrora ocupado pelo “Varanda do Chanceler”, no Largo do Chanceler, ainda existe sendo o 1º andar actualmente servindo de habitação.

Largo do Chanceler, actualmente numa foto retirada do “Google Maps”

fotos in: Arquivo Municipal de LisboaDelcampe.net, O Grupo CUF - Elementos para a sua história

4 comentários:

Unknown disse...

Caro Amigo

Mais uma vez está de parabens excelente post este sobre este restaurante, e sobre o qual fiquei a saber mais umas coisinhas.

Um grande abraço do seu amigo do Blog do Grupo CUF

Ricardo Ferreira

José Leite disse...

Caro amigo Ricardo Ferreira

Grato pelo seu amável comentário.

Como decerto reparou, tomei a liberdade de utilizar o pequeno folheto promocional "pescado" no seu estimado blog.

No final do artigo, como era meu dever, indiquei o mesmo como uma das fontes de imagens utilizadas.

Reparei que o Ricardo parou com o seu belíssimo blog já vai fazer 2 anos...

Um abraço

José Leite

Unknown disse...

Carissimo amigo

Fez muito bem em retirar o folheto promocional, foi uma raridade que adquiri ha muito tempo atrás e que acho de um grafismo delicioso.

Quanto ao meu blogue ele está de facto paradinho e olhe que não é por falta de novidades, tenho sempre novidades da CUF e empresas associadas, porém o trabalho como investigador do museu do Benfica esgota muitas vezes as forças. (A propósito do tema quero mais uma vez agradecer-lhe a pronta ajuda no caso das fotos do Bristol que foram essenciais para uma investigação sobre esse Clube e que está tambem patente numa exposição que se encontra visitavel no Jardim do Regedor)

Mas quero ver se volto a escrever no meu blogue sobre as diversas curiosidades deste Grupo empresarial tao fora do comum.

Um abraço

Ricardo Ferreira

Lourenço Marques disse...

Jantei na Varanda do Chanceler em 68 comemorando o fim do curso na AM.Eramos cerca de 20. Serviço impecável que nunca mais encontrei.Conto algumas vezes alguns aspectos do repasto. Do melhor.