6 de setembro de 2015

Esplanada do “Lago do Roseiral”

Na sequência do projecto de "Remate do Topo Norte da Alameda Central do Parque Eduardo VII", da autoria do arquitecto Keil do Amaral, e aprovado em 17 de Março de 1949, seria encomendado em 1950 ao arquitecto Alberto José Pessoa o projecto para um conjunto lago-roseiral-esplanada e restaurante - que viria a chamar-se “Lago do Roseiral” -cuja construção decorreu entre 1953 e 1954.

“Lago do Roseiral” em 1957

 

Enquadramento do “Lago do Roseiral” com o “Pavilhão dos Desportos” à direita na foto

Arquitecto Alberto José Pessoa (1919-1985)

Arquitecto Alberto José Pessoa

 

A entrada e percurso até ao “Lago do Roseiral” foi ornamentada com estátuas femininas da autoria de Stella de Albuquerque. A zona da esplanada ornamentada com  trabalhos escultóricos,  dos escultores Joaquim Correia e Vasco Pereira da Conceição.

Estátua feminina da escultora Stella de Albuquerque

 

Fotos de 1957

  

Em 1957, e por último, é adjudicado ao escultor Euclides Vaz, a realização da estátua para colocação dentro do lago, que ocorreria em 1959.

Estátua no interior do lago, do escultor Euclides Vaz

 

 

Panorâmica do “Parque Eduardo VII”, com o “Lago do Roseiral” junto ao “Pavilhão Carlos Lopes

Actualmente, a esplanada-restaurante chama-se “Botequim do Rei”

 

 

fotos in: Arquivo Municipal de Lisboa, Botequim do Rei

Sem comentários: