31 de outubro de 2014

Oficinas de S. José

Na origem das "Oficinas de S. José" de Lisboa, bem como de outras instituições homónimas espalhadas pelo país, a partir dos anos 80 do século XIX, encontramos uma ideia directamente inspirada no modelo oferecido pela “Oficina de S. José” do Porto (1883) e indirectamente, através desta, no espírito e nas obras educativas promovidas por São João Bosco a favor dos jovens mais pobres e abandonados da sociedade.

A sua fundação deve-se à iniciativa conjugada de Isabel Maria de Lacerda Castelo Branco e do padre Francisco Herculano Cordeiro. 0 primeiro passo consistiu na abertura de uma escola primária no Bairro da Lapa, Rua das Praças, n. 36, em 1885, à qual foi dado o nome de “Colégio do Sagrado Coração de Jesus”.

Antigo “Colégio do Sagrado Coração de Jesus” , já como  “Escola Central nº 17”, na Rua das Praças

Em 1 de Outubro de 1890, foram inauguradas duas oficinas (marcenaria e sapataria), funcionando durante alguns meses na Rua de Sant'Ana à Lapa, 50. Nessa altura regista-se a mudança do nome para “Oficinas S. José”. Em 23 de Abril de 1893, efectua-se a mudança para a Rua do Sacramento à Lapa, onde os Salesianos assumiram a orientação pedagógica em 1896, cujo director foi o Padre Pedro Cogliolo

A inauguração do novo edifício, localizado na Praça S. João Bosco no Alto dos Prazeres, em Lisboa, tem lugar em 19 de Março de 1906. Na sequência da revolução política de 5 de Outubro de 1910, o edifício é requisitado para "Centro de Hospitalização Militar" e para o "Batalhão de Sapadores dos Caminhos de Ferro". Em 1925, com a chegada do salesiano Aquiles Marchetti, as artes gráficas tomam grande impulso e desenvolvimento.

Oficinas de S. José na Praça S. João Bosco no Alto dos Prazeres em Lisboa, em fotos de 1953

 

 

 

 

 

 

 

 

Em Outubro de 1964, a “Paróquia de Nossa Senhora dos Prazeres” foi confiada aos Salesianos. A partir dos inícios da década de 70 do século XX, o ensino profissional, que caracterizou as Oficinas de S. José desde os seu primórdios, desaparece por completo. Pouco a pouco vai sendo reduzido o internato e o ensino torna-se exclusivamente liceal.

O estabelecimento de ensino particular denominado “Salesianos de Lisboa” encontra-se situado na Praça S. João Bosco, nº 34, em Lisboa, entre a Rua Saraiva de Carvalho e a Rua Coronel Ribeiro Viana, perto do Cemitério dos Prazeres.

«O estabelecimento dos Salesianos de Lisboa, propriedade da Província Portuguesa da Sociedade Salesiana, é hoje uma escola que ministra o ensino básico e secundário a cerca de 2 000 alunos de ambos os sexos. Como colégio, começou a funcionar em inícios dos anos 70 do século passado» in site: Salesianos de Lisboa.

 

«Ancorando-nos num passado por onde nos recusámos apenas a passar, num presente que é dádiva, e olhando para um futuro ao qual gostamos de chamar esperança, convocámos uma vez mais o coração, a sua linguagem e a sua pedagogia, para abraçar a pessoa inteira nas suas várias dimensões, inspirar alunos e educadores, e moldar as lentes com as quais vemos diariamente a escola e o mundo.
Todos os dias, nesta escola salesiana, centenas de jovens encontram razões fortes para abraçarem o lema deste ano letivo:
“SER FELIZES”. Talvez isso baste.» José Morais, Director Pedagógico

Bibliografia: Site Salesianos de Lisboa

Fotos in:  Arquivo Municipal de Lisboa, Salesianos de Lisboa

Sem comentários: