15 de junho de 2014

Curiosidades Automobilísticas (11)

Museu do Caramulo - Fundação Abel de Lacerda

O Dr. João de Lacerda abriu ao público a sua colecção de viaturas em 1959, sendo provavelmente esta imagem anterior a Setembro de 1970. No dia 19 de Setembro deste ano foi inaugurado o novo edifício especialmente desenhado para “Museu do Automóvel do Caramulo”.

Automóveis expostos na foto anterior:

- «De Dion-Bouton» de 1906, 8 HP. Foi oferecido em 1906 pela Rainha D. Amélia ao General Fernando Serpa de Pimentel, administrador da Casa Real.
- «Darracq» de 1902, 12 HP, carroçado por “A. Verdine et C.e.” Foi importado pelo agente em Portugal - “Empresa Automobilística Portuguesa - Leão, Moreira & Tavares”. Teve inicialmente a licença camarária "Coimbra 1". Foi vendido a Francisco Augusto Pereira Gonçalves, de Tentúgal, pela importância de 2.050$000 e matriculado em 1903. Receberia em 1911 a matricula "S 177" atribuída pela circunscrição do Sul e finalmente em 1937 a matricula actual "AA-01-77" pela DGV de Lisboa.
- «FIAT» de 1909, 12 HP. O primeiro proprietário foi o Dr. Carlos Joaquim Tavares.
- «Renault» de 1912, 20 HP. Adquirido em França pelo Conselheiro João Franco.
- «Benz» de 1910, 15/20 HP. O primeiro proprietário foi o Dr. António de Matos Cid que o adquiriu ao representante em Portugal - José da Silva Monteiro, no Porto.

Nota: Informação gentilmente prestada pelo Sr. Pedro Ferreira

Dois stands da “Sociedade Portuguesa de Automóveis, Lda.” o seguinte na Rua da Escola Politécnica

Stand da Avenida da Liberdade, em 1958

 

Nas 2 fotos anteriores os «Renault» Dauphine e Floride . Este último, com características mais desportivas, foi lançado na Europa em 1958 e de seguida nos Estados Unidos e Canadá  sob a designação de «Renault» Caravelle. O «Renault» Dauphine tinha sido lançado em 1956, em substituição do «Renault» 4 CV.

«Cadillac» Eldorado no stand da  “Sorel” na Rua Tomás Ribeiro, em Lisboa em 1956

Artigo da firma “F.H. d’Oliveira & Cª, Lda.” na Avenida 24 de Julho em Lisboa, e anúncio no “Notícias” Ilustrado de 1931

 

Fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian

3 comentários:

Unknown disse...

Caro José Leite,


Um pouco mais de informação sobre a primeira foto:

De Dion-Bouton de 1906, 8 HP. Foi oferecido em 1906 pela Rainha D. Amélia ao General Fernando Serpa de Pimentel, administrador da Casa Real.
Darracq de 1902, 12 HP, carroçado por A.Verdine et C.e. Foi importado pelo agente em Portugal – Empresa Automobilística Portuguesa – Leão, Moreira e Tavares. Foi vendido a Francisco Augusto Pereira Gonçalves (Gonsalves?), de Tentúgal, pela importância de 2.050$00 e matriculado em 1903.
FIAT de 1909, 12 HP. O Primeiro proprietário foi o Dr. Carlos Joaquim Tavares.
Renault de 1912, 20 HP. Adquirido em França pelo Conselheiro João Franco.
Benz de 1910, 15/20 HP. O primeiro proprietário foi o Dr. António de Matos Cid que o adquiriu ao representante em Portugal – José da Silva Monteiro, no Porto.

A fotografia mostra as viaturas expostas no edifício do museu da Fundação.
O Dr. João de Lacerda abriu ao público a sua colecção de viaturas em 1959, sendo provavelmente esta imagem anterior a Setembro de 1970. No dia 19 de Setembro deste ano foi inaugurado o novo edifício especialmente desenhado para Museu do Automóvel do Caramulo.

Pedro Ferreira

José Leite disse...

Caro Pedro Ferreira

Muito grato por mais esta preciosa colaboração e disponibilidade.

Os meus cumprimentos

José Leite

JP Ferreira disse...

O Darracq de 1902 do Museu do Caramulo teve inicialmente a Licença Camarária "Coimbra 1" tndo recebido em 1911 a matricula "S 177" atribuida pela circunscrição do Sul e finalmente em 1937 a matricula atual "AA-01-77" pela DGV de Lisboa.