26 de fevereiro de 2011

Raid Automóvel em 1927

Em Novembro de 1927 a firma ‘Orey Antunes Antunes & Cª Lda.’, representante dos carros americanos “Packard” e “Nash”, promoveu um Raid Automóvel entre Cacilhas e Alter do Chão, dando início a uma série às províncias de Portugal, com o intuito principal de dar a conhecer as revistas do universo das ‘Livrarias Aillaud & Bertrand’ : ‘Ilustração’, ‘Voga’ e ‘Magazine Bertrand’, além das marcas de automóveis “Nash” e “Packard”.

O Raid com início em Cacilhas, passava por Crato, Estremoz, Vimieiro, Fronteira, Vila Viçosa, Arraiolos, entre outras localidades, e terminava em Alter do Chão, no concelho de Portalegre.

                                                                     Anúncio de 1927

                                  1927 Automóveis Nash

A "Nash Motors" foi fundada em 1916 pelo ex-presidente da “General Motors”, Charles W. Nash que adquiriu a empresa "Thomas B. Jefferey Company", cujo automóvel mais conhecido tinha sido o "Rambler", cuja produção se tinha iniciado em 1902 em Kenosha, estado de Wisconsin nos EUA.

O carro utilizado foi um “Nash”  Light Six Tourer , com as seguintes características:  6 cilindros, 2.800 cm3 debitando 21,6 Hp de potência, travões às 4 rodas, sistema de luzes de 6 Volts

                             O “Nash” antes da partida com o stand da ‘Orey Antunes’ como fundo

                              1927 Raid Nash-Packard.0 (Nov.)

 

A revista “Ilustração” de Novembro de 1927 noticiava:

« (…) conduzido pelo técnico e az do volante Henrique de Brito, o formoso carro que damos reprodução, levará a todos os cantos de Portugal o nosso fotógrafo Mário Novais e o jornalista ilustre que é Castelo de Morais, numa grande divulgação das nossas revistas que é um abraço a toda têrra portuguesa».

«O “Nash” voa sempre sem uma “panne”, sem um desfalecimento …., ideal carro como um condutor ideal que é Henrique Brito, o nosso volante,impressionante de precisão e competência … Cá está, quasi ao pé de nós o castelo de Extremoz … »

                        Estremoz no horizonte ……                                              ….. e no Vimieiro

CFT003 051847 001CFT003 051850 001

estas 2 fotos in: Biblioteca de Arte-Fundação Calouste Gulbenkian

No final do ‘Raid’, a revista escrevia:

«As nossas fotos mostram-nos eloquentemente que, no Alentejo há só atalhos mais ou menos largos, mais ou menos transitados. Foi por êsses verdadeiros "caminhos de cabras" que o "Nash" conduziu a nossa missão jornalística, com a segurança dum prodígio de mecânica.
Henrique de Brito, o técnico conhecidíssimo e volante maravilhoso, realizou uma verdadeira performance desportiva, sem um estrago no carro magnífico, sem uma câmara de ar furada, com um consumo de essência minúsculo e com uma média de marcha completamente deslumbrante»

                         Artigo completo na revista “Ilustração” acerca deste evento automobilístico

1927 Raid Nash-Packard.1 1927 Raid Nash-Packard.2

pelas fotos do artigo, compreende-se a razão dos rasgados elogios ao condutor e ao carro, atrás transcritos ….

Sem comentários: